RSS

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

O dia que tentei mudar o NAO de Deus...


Me lembro de ter pedido a Deus, direcao quando comecei a namorar meu ultimo namorado... E lembro que Ele me disse: NAO!

No inicio, me conformei com aquele nao e segui adiante... Mas nao fui sabia o suficiente para entender que o NAO de Deus era NAO. Eu achei que poderia ser um NAO... e foi quando eu resolvi que iria fazer DE TUDO ate que Deus mudasse de ideia... E me lancei de cabeca no meu namoro...

Durante o tempo que namorei, o tempo todo via os pequenos e grandes sinais de que Deus nao iria mudar de ideia e me sentia correndo, correndo, sem saber onde chegar... Naquele momento parecia que eu estava escondendo de Deus... Acho que sei o que Adao e Eva sentiram quando pecaram contra Deus...

Eu estava vivendo um relacionamento cheio de pecado e eu na minha ignorancia, achava que Deus nao estava vendo o que eu fazia e que eu iria conseguir manter aquela situacao para sempre... Durante quase 2 anos de namoro, nao tinha comunhao com Deus... mas tinha o que eu, supostamente, sempre quis... Eu acreditava que meu namorado era tudo que eu precisava para ser feliz e acreditei nisso de tal forma, que vivi pra ele... Abandonei minha familia, meus amigos, minha dignidade, minha auto-estima, meu bom senso, enfim, abri mao de mim para viver aquele relacionamento...

Eu me sentia bem por estar ao lado do "grande amor da minha vida", mas dentro de mim, o vazio continuava a sugar as poucas alegrias que tinha... eu tinha uma voz dentro de mim que gritava, pedindo por socorro, pedindo para sair de dentro de mim... sentia a pessoa mais sozinha e mais triste desse mundo... e nao entendia o porque... afinal, eu tinha o que tanto queria, nao eh verdade?

Foi quando eu percebi que precisava de Deus e comecei a busca-Lo... Mas nao encontrava em nenhum lugar... e me perguntava onde Ele estava... E foi quando eu percebi que so encontraria Ele se abrisse mao do meu namorado... e eu preferi o meu namorado... (eu sei, eu era estupida)

Tentava mascarar o vazio e calar a voz que gritava dentro de mim, mas eles estavam la, me assombrando todas as noites... lembro que eu chorava compulsivamente... e me perguntava o porque daquela dor tao grande dentro de mim...

(continua)

2 comentários:

Musikar disse...

Olá tudo bem!
Meu nome é Paulo Freitas sou responsavél pelo portal de música gospel (www.musikar.com.br) estou lhe convidando a fazer parte da nossa lista de parceiros e ajudar a divulgar o portal MUSIKAR, adicione nosso banner (pegue na nossa pagina inicial) e nos avise em seguida que adicionamos um link apontando para seu site em nossa lista de blogs parceiros.
Parceria que ajudará ambas as partes!

Desde Já agradeço pelo sua atençâo.

Lilian C. Sobral disse...

Por que será que ficamos com a impressão de que a continuação nos trará uma grande lição, hein?

Muitas garotas agem assim. Muitas de nós agimos assim e olha q não é só na vida sentimental. Parece que a tentativa de viver empurrando a vida com a barriga vai fazer aquilo se tornar certo e não é assim. Só colocando Deus em primeiro lugar noz faz capazes de entender Seu sim e seu não... e principalmente obedecer!

Postar um comentário